04
junho
2015
Restaurante Rota 66 – Você conhece?

Olá bonitas e bonitos!

O post de hoje é para falar com vocês sobre um restaurante que conheci essa semana. Fui conhecer o Rota 66, na Tijuca. Esse restaurante é denominado de Tex-Mex! Mas o que isso significa? Significa que ele faz uma mistura de comidas típicas do México e comidas típicas do Texas, nos Estados Unidos.

IMG_6067[1]

Vamos às primeiras impressões que tive.

Eu e meu marido chegamos cedo, por volta de 20h30 e já havia fila no local. Estava bastante cheio. E nós estávamos em um grupo de cinco pessoas. Não achei o tempo de espera muito grande. Entramos no restaurante por volte de 21h. Foi o tempo dos nossos amigos chegarem.

IMG_5998[1]

Dentro do restaurante é bem agradável. Lembra um pouco a decoração do Outback. Sentamos em uma mesa grande com sofás. Bem confortável. O primeiro atendimento até foi rápido. E isso já me deixou animada.

IMG_5999[1]

De entrada, pedimos tortillas com guaca mole, tipicamente mexicano. As tortillas nada mais são do que Dorittos… Hehehe… É uma massa de trigo apimentada e frita. A guacamole é uma pasta de abacate temperado com pimenta, sal tomate e ervas. Sim meu povo… Abacate com pimenta! Vocês sabiam que o Brasil é o único lugar do mundo onde se come abacate com açúcar? Pois é!

IMG_6001[1]

Confesso que a princípio fiquei meio receosa, mas estava louca para experimentar a famosa guacamole! Genteee, eu ameeei! Achei simplesmente divina essa mistura. Adorei e comeria um balde de guacamole!

Em seguida, pedimos a Batata Frita Imperial. Batata frita com queijo derretido e cubinhos de bacon! Não existe mistura mais perfeita no mundo! Tudo o que amo junto e misturado. A batata estava no ponto perfeito de crocância! O bacon estava bem saboroso e também fritinho no ponto certo. Escrevendo agora, a minha boca já enche de água.

IMG_6004[1]

Depois, o restaurante começou a encher muito e o serviço ficou um pouco mais lento, mas nada que me deixasse irritada, até porque já tinha forrado bem o estômago.

Após a batata, pedimos harumex de carne. Sim, a gente come bem, não brincamos em serviço! O harumex é uma massa folhada frita. Quem gosta de comida japonesa reconhece como o harumaki! O recheio de filé estava bastante saboroso e a carne bem macia e sem nenhum resquício de gordura, o que pra mim é de fundamental importância! Detesto gordura de carne. E foi perceptível que a carne havia sido temperada antes de ser fita, pois estava com um sabor bem suave.

IMG_6005[1]

Nosso amigo Roberto pediu um hambúrguer, obviamente que a cabeça de mamão aqui não lembra o nome, maaas… lembro do ingredientes… Aha! O hambúrguer era uma carne, pão, cebolas ao molho shoyo e queijo gorgonzola. O sanduíche é grande a ainda vem acompanhado de batata frita e molho barbecue. Claro que eu precisava provar um pedaço né, porque um inteiro, depois dessa comilança toda, eu não aguentaria.

IMG_6006[1]

A carne estava muito saborosa. Gosto de hambúrguer caseiro mesmo. Com um tempero suave, porém que se fazia presente.

Meu marido, olho grande do jeito que é, também pediu um hambúrguer. O dele era de picanha, com uma carne mais alta, pão, alface e tomate, além dos acompanhamentos. Também fiz questão de provar… Ó-B-V-I-O! A mesa coisa do sanduíche anterior, um suave tempero, mas que fez toda a diferença no sabor da carne.

IMG_6007[1]

Em hambúrgueres artesanais, o gosto da carne faz toda a diferença no sabor dos sanduíches. Sem o tempero, acaba ficando muito sem graça e sem sabor mesmo.

E vocês acham que acabou? Claro que não! Ainda faltam as sobremesas!

Eu pedi um harumex de banana com nutella e cobertura de chocolate. Nem preciso dizer mais nada além de uma única palavra: NUTELLA!

IMG_6008[1]

Minha amiga Regina pediu uma flauta de morango com nutella e sorvete. Mais uma vez só tenho uma palavra a dizer: NUTELLA!

IMG_6009[1]

Meu marido pediu uma sobremesa chamada Banana Chic – essa eu lembrei o nome – e era uma massa fechada e recheada de banana com  cobertura de chocolate e e sorvete. MARAVILHOSA! Sou suspeita porque amo tudo que leva banana.

IMG_6010[1]

Depois dessa comilança toda veio a facada certo? Errado! Entre todas essas comidas, cinco refrigerantes, dois chopps e dois drinks, a conta ficou em R$ 300,00! O que divido por cinco pessoas deu R$ 60,00 para cada um.

IMG_6011[1]

Achei a relação custo benefício beeem bacana! Claro que é o tipo de coisa que a gente não vai fazer todos os dias, mas pelo uma vez por mês, dá pra gente fazer uma graça dessas.

Comemos bem e não achei nenhum absurdo de caro. Achei o preço bem justo.

Se você quiser conhecer o local, recomendo que chegue cedo, pois lugar para estacionar é meio complicado e a região sofre constantes vigilâncias da guarda municipal, então não largue seu carro e qualquer lugar, pois quando sair do restaurante, pode ter a surpresa de não encontrá-lo e precisar enfrentar toda a burocracia de um reboque.

Todas as informações de funcionamento e endereço vocês encontram clicando aqui!

Espero que vocês tenham gostado e se curtiram este post, inscreva-se aqui no blog inserindo seu e-mail na caixinha ali do lado, assim você receberá em seu e-mail todas as atualizações do blog!

Muito obrigada por sua visita e um grande beijo!

Comentários desativados em Restaurante Rota 66 – Você conhece?

Comentários desativados