08
agosto
2015
Férias em Curitiba!

Relou pipou!

Hoje venho contar para vocês um pouquinho das minhas férias em Curitiba. Foram tão curtinhas que dá até vontade de chorar… Buááá…

Eu fui passar cinco dias lá, com meu marido e alguns amigos. Para facilitar para mim e para vocês, vou contando o que fiz dia por dia ok? Mas prometo que não vou escrever muito!!! Mentirahhh… Hahaha… Prometo nada, porque tem um monte de coisas legais para contar! Vamos lá?


1º DIA

01

Pegamos o avião por volta de 8h da manhã. Chegamos em Curitiba quase às 10h. No aeroporto tem um ônibus que vai direto para o Centro e deixou a gente pertinho do hotel. Esse ônibus para em frente à Rua 24 Horas, uma das mais famosas por lá. A passagem custa R$ 13,00 e nossas malas vão acomodadas no bagageiro do ônibus. Ficamos hospedados no Hotel Guaíra Palace, bem em frente à Praça Rui Barbosa, pertinho de tudo.

Nesse primeiro dia não fizemos muita coisa não, pois estava chovendo muito, então resolvemos ficar ali por perto do hotel mesmo.

02

Acima vocês podem ver os detalhes da Rua 24 Horas, rua coberta e com algumas lojinhas e lanchonetes. Antigamente ela ficava mesmo funcionando 24 horas, mas agora já não funciona mais assim. Porco Nobre é uma sanduícheria espetacular e tem o melhor hambúrguer que eu já comi na vida. Eu tirei foto dele, mas não achei… Masss. se você ficou curioso sobre esse sanduíche, no final do post vou deixar os vlogs que gravei e eu filmei essa gostosura. Gente é o maior e melhor hambúrguer da vidaaa! Até palmito tinha! Sério, fiquei chocada. Detalhe, foi R$ 25,00.


2º DIA

03

No segundo dia, nossa primeira parada foi no Jardim Botânico, mas vou contar primeiro sobre como chegamos lá. Em frente à Rua 24 Horas, passa um ônibus chamado Linha Turismo e esse ônibus percorre todos os pontos turísticos da cidade. Seu percurso completo dura 2h30. O bilhete de embarque pode ser comprado em qualquer um dos pontos onde ele para e custa R$ 35,00. Esse bilhete contém 4 tíquetes de reembarque, permitindo que a gente faça vários passeios no mesmo dia, ou nos dias posteriores, já que ele é válido por até 1 ano.

Voltando ao Jardim Botânico… Gente, que visual mais lindo. Dentro do Palácio de Cristal é uma estufa, com vários tipos de plantas e fontes lindas.

04

Os jardins são um espetáculo à parte de tão bem cuidados. São lindos mesmooo! Felizmente nesse dia começou a sair um solzinho para animar o nosso dia.

05

Ainda dentro do Jardim Botânico, tem uma área chamada Jardim das Sensações, mas eu particularmente, não vi nada demais para receber esse nome. Pelo nome, eu imaginei que encontraria algo diferente, com cores diferentes, com cheiros, sei lá, algo que despertasse mesmo nossos sentidos. Mas não foi isso que encontrei… Vi um jardim normal, bem cuidado, muito bonito, masss normal.

06

Ao sair do Jardim das Sensações, nos encaminhamos para uma área de exposições e no caminho consegui registrar essa cena super fofa da maritaca se alimentado de flores. Olha só que coisa mais linda!!!

07

Na área de exposições, tinha muitos cactus, que acho lindinhos e também orquídeas, cada uma mais linda que a outra.

08

Gente, esse Jardim Botânico é muito grande mesmo. Passamos nossa manhã toda lá. Mas vale a pena. Se você, querido leitor, for à Curitiba, não perca este passeio de jeito nenhum. É uma área verde em meio à cidade de beleza ímpar.

Depois de toda essa caminhada, claro que a fome veio com tudo neam… Resolvemos aproveitar e conhecer outro ponto turístico: o Mercado Municipal.

Para chegar lá, fomos de ônibus comum mesmo, que para nos pontos tubulares, pois não queríamos queimar um bilhete para ir em lugares tão próximos e além disso a fila para pegar o ônibus Linha Turismo estava enooormeee! Nos informamos e soubemos que tinha um ponto tubular ali pertinho. O Mercado Municipal fica há uns dez minutos do Jardim Botânico.

09

 

No Mercado Municipal, almoçamos uma feijoada espetacular no restaurante Al Alma Sot, que apesar do nome em árabe, aos sábados só servem a feijoada. Uma feijoada completa custa R$ 63,00 e serve bem três pessoas. Mais lá embaixo do post, vou deixar as fotos que tirei com o celular e vocês poderão conferir a feijoada. Gente, o atendimento que recebemos foi simplesmente maravilhoso. A garçonete que nos atendeu é uma simpatia e extremamente solícita. Curti muito almoçar lá.

Depois de caminhar um pouco pelo Mercado Municipal, resolvemos voltar ao hotel a pé… Nunca tomei uma decisão tão errada na minha vidaaa… Kkk… Vocês vão conferir no vlog, mas gente, nós andamos igual a camelos… Credooo, nunca andei tanto na minha vida!


3º DIA

10

Começamos o terceiro dia passeando pela famosa feira do Largo da Ordem. As fotos estarão mais abaixo, pois tirei todas com o celular e vou fazer um espaço separado para as selfies… Hehehe…

Fomos andando até essa feira, pois era perto do hotel. Valeu muito a pena, pois tem coisas bem baratas e bem bonitas. Sem contar que a feira é enooormeee. Comprei um chapéu super estiloso por R$ 45,00 e comprei roupinha para meus dogs… Bem mais barato do que aqui no Rio. Passamos quase toda a manhã na feira.

Depois de andarmos a feira todinha, pegamos o ônibus Linha Turismo e fomos até a famosa e super recomendada Ópera de Arame. Ah… Ali mesmo no Largo da Ordem tem um ponto de parada desse ônibus tá.

11

Pontos turísticos que passamos a caminho da Ópera de Arame.

12

Então, aí vocês devem estar se perguntando: ué… só tem isso de foto? Pois é meu povo… Essa foi a maior decepção da viagem!!! A Ópera de Arame estava toda fechada… A gente só tinha isso daí mesmo para ver… O resto, não sei… Não tínhamos acesso. Fiquei bem chateada, pois gastamos tempo e queimamos um bilhete à toa e pior, não havia explicação nenhuma de porque estava tudo fechado. Acho que dentro do ônibus mesmo isso poderia ter sido avisado né… Mas enfim… Pegamos o Linha Turismo novamente (até porque não tinha outro ônibus) e fomos até o Memorial Ucraniano.

13

O local é bem bonito e tem uma espécie de capela em homenagem aos ucranianos que migraram para Curitiba. O parque também é muito bem cuidado. Masss… também não há muito o que se ver por lá. Mas eu gostei… É bom ver um lugar tão bem cuidado e com jardins tão bonitos. Sem contar né… Que esse memorial fica localizado em uma das áreas mais nobres de Curitiba e olha, fiquei chocada com as mansões que vi por lá… Cada uma de cair o queixo!

14


4° DIA

15

No quarto dia fizemos o melhor passeio de todos! Fomos visitar o Bosque Alemão! Sério, é o que eu mais gostei e o mais lindo de todos. Se você for a Curitiba, não pode deixar de conhecer esse lugar encantador.

Fomos para lá em ônibus comum, que pegamos na Praça Tiradentes, pertinho do hotel. O ônibus nos deixou na rua do bosque, bem pertinho mesmo, porém começamos a trilha do fim para o começo, mas ok, isso não interferiu em nada.

Nesse bosque percorremos a trilha de João e Maria e ao longo do caminho vão aparecendo totens com pedaços da história. Como eu amo contos infantis, me senti dentro da história de verdade!

16 17 18

Em uma parte de trilha, chegamos até a casa da bruxa. Só fiquei chateada que eu esperava encontrar uma casa feita de doces… Hehehe… Na construção que é a casa da bruxa há também eventos culturais, como por exemplo, contação de histórias para crianças. É bem legal mesmo.

19

Depois continuamos a trilha e chegamos nessa espécia de torre, que quando a gente sobe tudinho, chega em um mirante onde temos uma vista de cidade de perder o fôlego. No fim, avistamos a casa de João e Maria, que na verdade é um pequeno museu alemão.

20 21

Gente, esse passeio vale muito a pena messsmooo! A trilha é muito bacana e por instantes a gente se imagina dentro da história.

Depois de caminhar nessa trilha linda, fomos almoçar em Santa Felicidade, um local fofinho e lindinho, parecendo mesmo cidade do interior. Por questões de praticidade, só tirei fotos com o celular, então as fotos de Santa Felicidade estarão mais abaixo.

Almoçamos no restaurante Madalosso, o melhor restaurante que eu já fui na vida. A gente come a vontade por apenas R$ 43,00. No cardápio estão massas variadas, alcatra, frango e acompanhamentos como maionese, risoto, salada e asinha de frango frita. Super recomendo, pois além de um atendimento excelente, a comida é mesmo super saborosa. Não deixem de assistir o vlog para conferir de pertinho essas delícias.


5º DIA

22

No quinto e último dia, fomos visitar o famoso Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como O Olho. Esse foi o único passeio em que pagamos ingresso. O ingresso normal custa R$ 9,00, mas euzinha, como sou professora, paguei meia, R$ 4,50, o que já é muito bom. Mas vale a pena sim pagar o ingresso e visitar o museu. Ele abriga exposições bem legais e todos querem estar dentro do olho né!

23

Tem uma exposição bem bacana com todas as maquetes das obras de arte projetadas pelo arquiteto. Sim, são obras de arte em forma de construção civil. Cada uma mais linda que a outra.

24 25

Também conta com um acervo que guarda um pouco da história de Oscar, com suas publicações, entrevistas, reportagens e etc.

Quer saber como é dentro do Olho? Então vai ter que assistir ao vlog!

26

Aqui é uma exposição do museu que vou confessar, não lembro o nome, mas achei as pinturas diretamente na parede muito interessantes.


Fotos tiradas com o celular e selfies

27

Look do dia + Jardim Botânico

28

Jardim Botânico + Área de Exposições

29

Mercado Municipal + Feijoada

30

Look do dia + Mesquita Árabe no Largo da Ordem

31

Ópera de Arame

32

Memorial Ucraniano

33

Look do dia + Bosque Alemão

34

Bosque Alemão

35

Restaurante Madalosso – Santa Felicidade

36

Vinícola Durigan – Santa Felicidade

37

Florybal – Santa Felicidade

Agora vou deixar vocês com os três vlogs que gravei. Dá play e vem se divertir comigo:


 

E aí, meu povo? Curtiram este post mega super gigante? Se você gostou, não esqueça de deixar seu “curtir” do facebook e aproveite para se inscrever aqui no blog e também no canal, assim você fica por dentro de todas as atualizações que faço por aqui!

Um grande beijo e até a próxima!

Comentários desativados em Férias em Curitiba!

Comentários desativados